JOANA AFRICANO

1990

Joana Africano nasceu em 1990, na cidade do Porto.

Licenciada em Teatro/Interpretação pela ESMAE em 2012.

Em 2011, fundou Teatro Anémico com Tiago Moreira. Juntos conceberam os espectáculos “À la Vie, À laMort” e   “À la Mort”, para rua e palco.

Em 2014 encena, numa co-produção entre o Teatro Anémico e a Subcutâneo, “ESCUTO” um espectáculo a partir de “Riverside Drive” de Woody Allen e em 2015 assiste a encenação de Teresa Arcanjo e Afonso Santos de “Sou o Vento” de Jon Fosse, também uma produção do Teatro Anémico. Ainda em 2014 participa como actriz no espectáculo de teatro musical “Amo-te, mas Tens De Mudar” com encenação de Patrícia Franco.

Em 2016 participa como actriz no espectáculo “As Criadas” de Jean Genet, com encenação de Simão Do Vale Africano, espectáculo esse que é distinguido com uma Menção Especial pela Associação Portuguesa de Críticos de Teatro.

Ainda no ano de 2016 e 2017, pertence ao elenco de “Os Últimos Dias da Humanidade” de Karl Krauss com encenação de Nuno Carinhas e Nuno M Cardoso, numa produção do Teatro Nacional  São João.

Em 2018, com a Subcutâneo e pela encenação de Simão Do Vale Africano, integra o elenco de “ Trattoria Pirandello “ um espectáculo com 3 textos de Luigi Pirandello dos quais participa em “ Sonho, ou talvez não” e “Cecè”.

Tem participado em vários filmes publicitários.

TELEVISÃO

2018 – Anúncio LIDL
2018 – Anúncio Homman
2017 – Anúncio Stella Artois
2017 – Anúncio Continente

CINEMA

2013 – Um Estranho Dia na Vida de Maria, de Marta Mendes
2012 – O Berço Imperfeito, de Mário Ventura
2008 – Cruel, de Pedro Farate