REBECA CUNHA

1987

Rebeca Cunha é natural de Guimarães. Muda-se para o Porto para estudar interpretação na ACE onde reside até 2007, mudando-se então para Viana do Castelo, onde viveu 8 anos. Agora voltou novamente à sua cidade do coração, o Porto.
Profissionalmente desempenhou trabalhos de interpretação no Teatro Ensaio, Teatro A Oficina, no Teatro Entretanto, Teatro Noroeste, Teatro do Bolhão, Teatro Regional da Serra do Montemuro e Teatro da Garagem.
2009 volta a Guimarães para fazer parte da criação do espectáculo “Afonso´s Dream” da Companhia Theater Titanick com a encenação de Uwe Köhler e em 2010 segue novamente para o Porto onde faz parte do elenco “Romeu e Julieta” uma co-produção entre o Teatro do Noroeste (Galiza), Teatro do Bolhão e Teatro do Noroeste – CDV (Viana Do Castelo).
Entre 2011 e 2012 faz parte do elenco da companhia Teatro Regional da Serra do Montemuro, onde participou num total de três peças.
E em 2013 entra no espectáculo “Alice” do Teatro da Garagem. Em 2016 participa na residência artística do Teatro Ensaio em Arraiolos. Participou em 3 projectos do Edgar Pera; “A Caverna”, o Espectador Espantado” e na sua última longa metragem, “Caminhos Magnéticos”.
Em 2017 participa no filme, “Bad Investigate” da produtora Lightbox, com a personagem Inspectora Santos.
Como actriz fez também uma pequena participação no video clip do single “Via Norte”, do cantor e autor Miguel Araújo.
2018 foi um ano cheio de trabalho de palco. Participou no díptico do Michäel Oliveira, “Sócrates tem de morrer – A vida de John Smith”. Entrou no espectáculo do Teatro A’ Oficina, “Retábulos” uma adaptação de Cervantes e Prévert. No final do ano é novamente convidada a trabalhar com o Teatro Regional da Serra de Montemuro onde ainda está em digressão com o espectáculo “A velha casa de madeira”.
No seu percurso académico acumula, desde 2001, e para além do curso de Interpretação na Academia Contemporânea do Espectáculo, vários workshops e oficinas ligados à arte da interpretação, entre eles, clown, máscara neutra, commedia del´Art, movimento, dança, voz e repertório musical. Tendo como formadores/orientadores:
Vítor Hugo Pontes, Sara Ribeiro, João Garcia Miguel, Norman Taylor, Juliette Prillard, Sandra Miladnovich, Mário Azevedo, Miguel Seabra, Nuno Pino Custódio, João Henriques, Kuniaki Ida,Teresa Lima, Zertuche Coindreau, entre outros.
Em 2009 termina o curso de Formação de Formadores. Entre 2010 e 2011 dá formação de Expressão Dramática, Corporal, Vocal e Verbal, Corpo e Movimento, Corpo e Gesto e Jogo Dramático.
Soma ainda outras experiências, nomeadamente como modelo fotográfico, como criadora e coordenadora de espectáculos, assistente de direcção em curtas-metragens. E ainda como colaboradora da Rádio GEICE entre 2007 e 2008 onde gravou spots publicitários e foi responsável pela rubrica de divulgação cultural “Tome Nota”.

TELEVISÃO

2017 – 4Play (RTP)

CINEMA

2018 – Caminhos Magnéticos, de Edgar Pêra
2017 – Bad Investigate, de Luís Ismael
2016 – O Espectador Espantado, de Edgar Pêra
2015 – A Caverna, de Edgar Pêra