ANDRÉ JÚLIO TEIXEIRA

1987

Vila do Conde, 1987.

Actor poliglota, cantor, compositor e músico multi-instrumentista.
Atuou em Português, Inglês e Francês, pisando alguns grandes palcos de Portugal,
Espanha, França, Irlanda e República Checa.

Estudou Interpretação na ESMAE, Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo no
Porto, e Música, no Conservatório e Orquestra Filarmónica de Póvoa de Varzim.

Em cinema foi nomeado para a categoria de melhor ator pela CinEuphoria Awards em 2018,
com a curta metragem Limbo: A Small Measure of Peace e já trabalhou com realizadores
como Peter Greenaway, Edgar Pêra, Miguel Clara Vasconcelos, Rui Pedro Sousa, Paulo
Pinto, entre outros.

Foi actor residente na companhia Teatro Oficina em Guimarães e na Footsbarn Travelling
Theatre, companhia de teatro internacional baseada em França.

Foi aclamado pela crítica Parisiense em 2017, com a personagem Billy Bibbit no
espectáculo Nit de Coucou:
“André Júlio Teixeira’s Billy Bibbit is perfectly endearing, arousing the audience’s protective
instincts.”
Max Carleton-Smith, Time Out Paris, Janeiro 2017

“On ne saurait parler d’acteurs tant ils ‘incarnent’. Une mention particulière à André Júlio
Teixeira, un Billy Bibbit qui nous fait entrer dans la fragilité des êtres, de tout être.”
Anne Warembourg, DMPVD, Paris, Fevereiro 2017
“Billy Bibbit, l’enfant sacrifié sur l’autel de la ‘mère’ (André Júlio Teixeira, bouleversant de
fragilité)”
Didier Méreuze, La Croix, Paris, Fevereiro 2017

Ao longo do seu percurso em Teatro trabalhou com companhias como Mala Voadora, A
Turma, Panmixia, e com encenadores como François Lecoc, Paddy Hayter, Dominique Prié,
Gisèle Vienne, Sanja Mitrovic, Juliette Prillard, Lautaro Vilo, Omar Argentino, Norman
Taylor, João Mota, José Carretas, Jorge Andrade, Marcos Barbosa, Tiago Correia, entre
outros.

Além da carreira de actor, destacou-se como músico e compositor para teatro e cinema,
ganhando em 2018 o Apoio à Edição Fonográfica da GDA para a gravação de um álbum de
longa duração.

CINEMA

2016 – Limbo (A Small Measure of Peace), Rui Pedro Sousa
2015 – Palhaços, Pedro Crispim
2013 – The missing Step, Amadeu Pena da Silva
2012 – Just in Time, Peter Greenaway
2012 – Cinesapiens, de Edgar Pêra