SÉRGIO SÁ CUNHA

Nasceu em 1990.
Frequentou o curso de Interpretação da ACE, Academia Contemporânea do Espectáculo, no Porto, onde teve a oportunidade de trabalhar com António Capelo, João Paulo Costa, Maria do Céu Ribeiro, António Júlio, Joana Providência, Kuniaki Ida, entre outros.

Como projecto de final de curso, integrou o elenco de "Punk Rock", de Simon Stephens, com encenação de Victor Hugo Pontes.

Profissionalmente, integrou o elenco de "Do alto da ponte", de Arthur Miller, com encenação de Gonçalo Amorim (Teatro Experimental do Porto), "Katzelmacher", a partir da obra homónima de Rainer Werner Fassbinder, com encenação de Luís Araújo & Ricardo Braun (OTTO Associação Cultural), "Medeia de Noitarder", com texto e encenação de Raquel S. (Teatro Universitário do Porto), "fAXAda para obras", com coordenação e direcção de António Júlio e Joana Providência (ACE/Teatro do Bolhão), "Coriolano", de William Shakespeare, com encenação de Nuno Cardoso (Ao Cabo Teatro), "É o desejo de ser visto", a partir de "Construtor(es) de Túneis", de Don Duyns, com encenação de Luís Araújo & Ricardo Braun (Ao Cabo Teatro / OTTO Associação Cultural), "Kombi T7+5", com encenação de Tiago Araújo (Os Bisturi), "= igual", criação colectiva a partir de "Num dia igual aos outros", de John Kolvenbach (Os Bisturi), "Turandot", de Carlo Gozzi, com encenação de João Cardoso (ASSéDIO Teatro), "Arquipélago - O Mundo é Redondo", de Regina Guimarães e Pedro Cardoso (Peixe), com encenação de Nuno Cardoso (Ao Cabo Teatro), entre outros, e dos filmes "Transgressão", com argumento e realização de Pedro Farate (trêsP2 / DAI / ESMAE / IPP / Lightbox) e "Cartas da Guerra" a partir de "D'este Viver Aqui Neste Papel Descripto" de António Lobo Antunes, com realização de Ivo Ferreira (O Som e a Fúria).
 

Facebook share