RODRIGO SANTOS

Começa a fazer Teatro em 1996, ligado à fundação do Teatro Acção, sob a direcção de Carlos Frazão.
Até 1998 participa nas oficinas do Teatro Art'Imagem, no Festival Cómico da Maia e nas oficinas do C.A.I.R.Te, com William Gavião e Valdemar Santos.
Em 2001, sai da FDUP e ingressa na ESMAE, licenciando-se em 2010.

Trabalhou com Carlos Pessoa, Nikolaus Holz, António Durães, Pablo Rodriguez, Inês Vicente, Lee Beagley, António Carallo, Lúcia Ramos, João Henriques, Richard Thomes, Marina e Natália Pikoul, Cândido Pazó, John Britton, João Pedro Vaz, Vera Santos, Peter Michael Dietz, Paulo Calatré, Nuno Carinhas, Romulus Neagu, João Brites, Kukiaki Ida, João Cardoso, José Carretas, Joana Antunes, Marco António Rodrigues, Jorge Fraga, Marcos Barbosa, Ana Luena, Nuno Cardoso, entre outros.
Ainda em 2001, funda, com Ricardo Alves e Ivo Bastos, o Teatro da Palmilha Dentada.

Desde 2005 que desenvolve trabalho de criação e direcção musical com a Palmilha Dentada, Mau Artista, Radar 360º, e O Teatrão, entre outros.
Entre 2003 e 2006, assinou a interpretação e direcção musical e sonoplastia dos programas diários de humor “O enigma” e “Palmilha News”, da Palmilha Dentada, na Antena1.

Baixo, voz e composição em projectos como Passpartout Preto, Hipster Rude e Pulha Seltzer.
Em 2009, funda o Chão Concreto, encenando o espectáculo "Noites Brancas" e “O Negativo da Voz”.

Em cinema e tv, trabalhou com realizadores como Rodrigo Areias, Paulo Abreu ou Henrique Oliveira. 

Facebook share