JOÃO NUNES MONTEIRO 

João Nunes Monteiro nasceu no Porto, em 1993.

Concluiu o curso profissional de Interpretação pela Academia Contemporânea do Espectáculo em 2011. Frequentou ainda a Licenciatura em Teatro (ramo - Actores) da Escola Superior de Teatro e Cinema.

Em teatro destaca “Punk Rock” de Simon Stephens, encenado por Victor Hugo Pontes e produzido pelo Teatro do Bolhão (ACE, 2011); “Peça Romântica para um Teatro Fechado” de Tiago Rodrigues (Teatro do Bairro, 2015); "Fã" de Regina Guimarães, encenado por Nuno Carinhas e produzido pelo Teatro Nacional São João (Teatro Nacional São João, 2017); "Gertrude - O Grito" de Howard Barker, encenado por Maria Duarte (Palácio de Pombal, 2017); e "Margem", uma criação de Victor Hugo Pontes, produzido pela Nome Próprio (CCB, 2018).

Em televisão, participou na telenovela "Ouro Verde" (2017) e "Jardins Proibidos" (2015), no telefilme "Offline" de Guilherme Trindade (2015), projecto nomeado para os prémios Áquila (Melhor Série ou Telefilme) e CinEuphoria (Melhor Actor Secundário, entre outras categorias); e na websérie produzida pela RTP, "Appaixonados" de Guilherme Trindade (2018).

Em cinema, protagonizou a longa-metragem "Aristides de Sousa Mendes - O Cônsul de Bordéus" de Francisco Manso (2009); participou em "Cartas da Guerra" de Ivo Ferreira (2015); "Soldado Milhões" de Jorge Paixão da Costa e Gonçalo Galvão Teles (2017); e em "Sauvages" de Dennis Berry (2017).

Protagonizou ainda a curta-metragem "Snooze" de Dinis Leal Machado (2017), produzida pela ESMAD e vencedora do prémio Sophia Estudante.

Encontra-se neste momento a preparar a rodagem da longa-metragem "Zacarias" de João Nuno Pinto, uma produção da Leopardo Filmes, que irá protagonizar.

Facebook share